/Perfil

  • Geraldo Lippel: do jornalismo à engenharia química

    O professor da COPPE Geraldo Lippel Sant’Anna queria ser jornalista. No entanto, às vésperas do vestibular, acabou optando pela Engenharia. Lippel formou-se na USP, onde já no primeiro ano de faculdade descobriu que não tinha muito talento para o desenho e resolver investir na Engenharia Química. Atualmente é pesquisador 1A do CNPq na área de Engenharia Química, agraciado em 2002 com o Prêmio COPPE Mérito Acadêmico e membro da Academia Brasileira de Ciências.

  • Carlos Portela: o mestre da engenharia elétrica que optou pelo Brasil

    Carlos Manuel de J. C. de M. Portela é professor da Coppe desde 1977, orientou cerca de 50 dissertações de Mestrado e teses de Doutorado, assinou mais de 170 artigos publicados em periódicos de congressos nacionais e estrangeiros, e é autor de seis livros. Amante convicto do trabalho, mesmo após ter se aposentado, em 2003, ainda vem à universidade duas vezes por semana, onde dá aulas e orienta alunos de Mestrado e Doutorado.

  • Evaristo Biscaia: da Passeata dos Cem Mil à Modelagem Química

    Evaristo Chalbaud Biscaia Junior é graduado pela Escola de Química da UFRJ e em 2004 foi contemplado com o Prêmio COPPE Giulio Massarani Mérito Acadêmico. Pesquisador 1A do CNPq, instituição da qual é membro do Comitê de Assessores, Biscaia já orientou 60 dissertações de Mestrado e 25 teses de Doutorado, tendo ultrapassado a marca de 100 artigos publicados em congressos internacionais e nacionais e mais de 60 trabalhos em periódicos indexados.

  • Jayme Luiz Szwarcfiter: Entre Computadores e Montanhas

    Jayme Luiz Szwarcfiter é professor do Programa de Engenharia de Sistemas (PESC) da COPPE e recebeu em abril de 2006 o prêmio Almirante Álvaro Alberto na área de Computação, um dos mais importantes no reconhecimento acadêmico. Jayme ingressou na COPPE em 1970, antes mesmo de concluir seu mestrado, em 1971.

  • Aïda Espinola: Pioneirismo e Determinação

    Aïda Espinola é professora Titular da COPPE/UFRJ e está vinculada ao Programa de Engenharia Metalúrgica e de Materiais. Aïda orientou 13 teses, sendo sete de mestrado e seis de doutorado. Também é autora de mais de 150 artigos, publicados em periódicos científicos, e oito livros, sendo que seis são de autoria própria e duas traduções.

Páginas