/Notícias

  • Coppe discute inovação e qualidade de projetos na pandemia

    A Coppe/UFRJ realizou na quinta-feira, 26 de novembro, uma live para mostrar as contribuições da UFRJ para a sociedade e debater a remodelagem de processos para que as melhores práticas sejam mantidas após a pandemia. O evento foi mediado do coordenador da Coppe Q, Eduardo Oliveira, e contou com a participação da pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da UFRJ, professora Denise Freire; do diretor da Coppe, professor Romildo Toledo; e do professor da Faculdade de Medicina da UFRJ, Roberto Medronho.

  • Inscrições abertas para cursos de Especialização da Engenharia de Produção

    O Programa de Engenharia de Produção (PEP) da Coppe/UFRJ está com inscrições abertas para dois cursos de pós-graduação lato sensu: Gestão de Operações, e Ergonomia e Projetos.

  • Coppe promove VXII Rio de Transportes

    A Coppe/UFRJ promove, dias 2 e 3 de dezembro, a 17ª edição do congresso Rio de Transportes para debater temas de interesse dos profissionais do setor e da sociedade como um todo. Durante o evento, novos estudos serão apresentados visando o desenvolvimento econômico e social do país. Coordenado pelo professor Paulo Cezar Ribeiro, do Programa de Engenharia de Transportes (PET) da Coppe, pela primeira vez o evento será totalmente virtual, em função da pandemia da Covid-19.

  • Pesquisador da Coppe apresenta efeitos da pandemia no setor de energia

    O pesquisador do Centro Clima, da Coppe/UFRJ, William Wills, será um dos apresentadores do relatório Climate Transparency Report 2020, com o tema “Descarbonizando o Setor de Energia nos países do G20 em tempos da crise do coronavírus”. O evento trará os resultados do setor energético nestes países, incluindo os efeitos causados pela pandemia.

  • Programa em execução na UFRJ visa desenvolver o protagonismo de pessoas pretas e pardas na construção de Cidades Inteligentes

    Com a intenção de tornar a cidade do Rio de Janeiro em um lugar mais inclusivo, diverso, tecnológico e digno para a comunidade preta e parda, foi implantado na UFRJ o programa Ubuntu_Labe que já resultou em nove projetos, e conta com a participação do professor Matheus Henrique Oliveira, do Programa de Engenharia de Transportes da Coppe/UFRJ. Depois de seis meses de desenvolvimento, os projetos serão apresentados pelos participantes, dias 30 de novembro e 1 e 2 de dezembro.

  • Programa para transformar o Rio de Janeiro no Vale do Silício da Energia é tema de webinar

    Em agosto de 2020, o Rio de Janeiro foi selecionado pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT) para participar do MIT REAP (Regional Entrepreneurship Acceleration Program), um programa de aceleração de startups. Para explicar e debater sobre o projeto selecionado, os coordenadores realizarão o webinar “MIT REAP: iEcossistema de Energia e Sustentabilidade do Rio de Janeiro”, no dia 30 de novembro.

  • Semana PESC: encerramento é marcado por destaques da última década e retrospectiva

    O último dia de atividades da Semana PESC 50 anos foi marcado pelo relato do professor Franklin Marquezino, que ingressou no Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da Coppe/UFRJ na última década, e pela retrospectiva feita pelo professor Daniel Ratton acerca do cinquentenário do Programa. No evento, a ex-aluna Gabriela Ruberg contou como o aprendizado no PESC a permitiu construir uma visão transformadora do serviço público.

  • PESC nos anos 2000: “sulear” o olhar da pós-graduação

    O professor Henrique Cukierman conferiu um olhar engajado e humanístico a suas “Impressões sobre a década de 2000”, no quarto dia de atividades da Semana PESC 50 anos. Cukierman entrou no PESC em uma seleção destinada a manter a linha de pesquisa Informática e Sociedade no Programa, a qual ressalta a importância de discutir os aspectos não técnicos da informática.

  • PESC nos anos 1980: primeiro supercomputador brasileiro e início da parceria com o Cern

    Na década que ficou marcada pelo retorno da democracia ao país, o Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da Coppe/UFRJ se notabilizava pela parceria com empresas privadas, com o poder público e instituições internacionais. No segundo dia da Semana PESC 50 anos, a professora Ana Regina da Rocha falou sobre a década de 1980, que ficou marcada pela construção do primeiro supercomputador brasileiro, pelo início da parceria com o Cern, e pela presença no corpo discente de muitos dos atuais professores do Programa.

  • Década de 1990 foi marcada pela solidificação da abrangência do PESC em todas as áreas da Ciência da Computação

    No terceiro dia da “Semana PESC 50 anos”, a professora Marta Mattoso foi a representante dos docentes que ingressaram na década de 1990 no Programa de Engenharia de Sistema e Computação da Coppe/UFRJ. De acordo com Marta, o que se solidificou na década de 1990 e que permanece até hoje é a abrangência em todas as áreas da Ciência da Computação, que é uma característica ímpar do programa.

Páginas